102 Dalmatians: Puppies To The Rescue (Game Boy Color)

Informações Técnicas

Desenvolvedor: Digital Eclipse
Distribuidora: Activison
Lançamento: 22/nov/2000

102 Dalmatians: Puppies To The Rescue é um jogo no qual você pode controlar Dominó ou Albina (Oddball, no original) e precisa salvar sua família da vilã Cruella De Vil. O jogo foi totalmente baseado no filme e teve versões para PC, Dreamcast e PlayStation, porém a versão de Game Boy Color é totalmente diferente dessas.

O estilo do jogo segue num misto de plataforma e exploração e ao invés de chegar no final da fase você deve procurar por uma chave e libertar os dálmatas que estão presos.
Apesar de não possuir save state, possui um sistema de passwords que ajuda bastante quem ainda não pegou a prática no game.

Considerações finais – Analisando o jogo como um todo

Gráficos: 9/10. Mesmo com toda a limitação de cores e de espaço na tela, os sprites e cenários ficaram bem feitos. Alguns cenários estão bem simples em questão de sombreamento, outros mais detalhados, dando um equilíbrio.
As animações de transição de cena são meio feias mesmo, cores chapadas, personagens em poses “duras” e talz… mas vamos dar um desconto pois o jogo é do começo dos anos 2000.
UI e HUD: 8/10. A hud é bem funcional, seu hp é indicado por uma patinha. Quando você recebe algum dano, uma parte da patinha fica vermelha. Achei bem criativo!
Porém a tela inicial é bem tosca, com um fundo azul chapado. Acho que poderiam ter caprichado um pouco mais e ter colocado ao menos um cenário.
Trilha Sonora e sons: 10/10. Músicas grudentas e animadas! Tanto que uma delas nunca esqueci, desde a primeira vez que joguei esse game (que foi em meados de 2002, acho).
Jogabilidade: 7/10. A jogabilidade é bem simples, mas me incomodei um bocado com o hitbox dos ossinhos coletáveis, que fica bem no meio do asset. Em alguns locais pegá-los é uma tarefa um tanto quanto irritante.
Você não consegue escolher o nível de dificuldade, o que é uma pena pois o jogo é bem fácil e curto.
Fator replay: 5/10. Só vejo dois motivos para voltar a jogar esse jogo: pela nostalgia (caso você tenha jogado na época) ou para matar o tempo.

 

Posts Relacionados

Gostou? Então mostre para seus amigos! Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*