Brasil Game Show 2018

Pela primeira vez, tivemos a oportunidade de ir todos os dias na BGS, inclusive no dia de imprensa.
No primeiro dia tivemos passe livre para explorar a feira sem toda aquela muvuca que costuma ter nos dias posteriores. Conferimos com calma os jogos indies e AAA disponíveis para serem jogados e os stands de venda de produtos.

Na sala de imprensa havia muitas cadeiras e mesas, mesmo nas horas que o pessoal estava lá reunido para começar a editar e publicar seus vídeos e matérias, estava tranquilo para achar um local para sentar e dar um descansada. Só o wi-fi que ficava bem ruim quando tinha muita gente :/
Declaro meu eterno amor pelas cadeiras de massagem, que quebraram um puta galho nos dias que andei até minhas pernas pedirem arrego.

Algumas pessoas da organização estava meio desinformadas, em alguns momentos os funcionários não souberam nos informar coisas básicas como onde começava a fila de um determinado Meet and Greet ou se o tempo para entrar nela já havia sido encerrado. Então a gente ficava naquele vai e volta.
Esse foi um ponto negativo, pois o evento é muito grande e não saber para onde ir por escassez de informação é bem ruim, pois o público quer participar do cronograma da feira sem esse tipo de preocupação.

Nesse ano eu notei que houve bem mais opções do que comer, além de haver bem mais espaço com mesas e cadeiras. Um ponto muito positivo pois encontrar uma mesa vazia no sábado (o dia mais lotado) não tornou-se algo complexo.
O preço até que estava competitivo, apesar de haver bastante coisa cara, havia opções mais em conta, isso sem conta o stand das Lojas Americanas que sempre quebra um galho nessas horas.

Eu particularmente não joguei muito, pois confesso que os jogos disponíveis não me chamaram muito a atenção. Queria ter testado o Resident Evil 2, mas no final das contas enrolei e fui fazer outras coisas. Por outro lado, o Alvinhu conseguiu jogar bastante coisa.
Joguei alguns jogos indies, grande parte do que estava disponível lá na feira ainda estava em desenvolvimento, o que é uma grande pena.
Trocamos uma ideia no stand da Bloober, empresa que desenvolveu o Layers of Fear e Observer. Me surpreendi para caramba pois estavam pessoas que trampam estúdio mesmo, achei que seriam alguns representantes brazucas.
Ficamos bem felizes pois recebemos uma key do Observer (que ainda não tínhamos jogado) e isso significa que em breve vocês poderão conferir um review dele. 🙂

Além de conferir a feira, passei partes de cada dia no stand do VGDB, pois além do Nerd Trash também faço parte da equipe deles. Foi muito divertido, mesmo nos dias mais calmos.
Rolou alguns quizes no qual a dupla vencedora recebe uma camiseta e uma revista. Apesar de eu ter participado com o Alvinhu mais no sentido de me divertir, nós acabamos ganhando um dos quizes! hahaha
E por falar em quizes, no sábado a galera do Gamerview também esteve presente, fazendo outros quizes para o pessoal. E sim, tanto eu quanto o Alvinhu ganhamos também… eu consegui uma key para pc do Darkstalkers III e ele um jogo do Hitman para PlayStation 4.
Além desses prêmios, conseguimos alguns outros brindes, como adesivos, correntes para crachá (aliás, o Alvinhu já pode virar colecionador disso, diga-se de passagem…), copos e coisas do tipo.

A diversidade do público foi algo muito interessante, pois a feira conseguiu reunir várias idades e perfis de jogadores diferentes. Era bem comum encontrar pais com filhos pequenos, já fazendo cosplay desde cedo.

No primeiro dia, também participamos da Fanfest 2018, festa realizada pela Microsoft para promover o Xbox One.
Conseguimos um par de ingressos graças a gentileza da Kath do XPGG, que me perguntou se haveria interesse em participar e mandou nossos nomes para a lista da festa.
Foi a primeira Fanfest que participamos e adoramos! Drinks, cerveja, comida e jogos para jogar a vontade! Isso sem contar os brindes que recebemos ao sair.

Por último e não menos importante, essa BGS foi uma maratona de encontros com amigos. Zoeiras, risadas,  caronas, desencontros e toneladas de mensagens nos grupos de Whatsapp. Alguns presentes todos os dias, outros não. Alguns conhecidos, outros conhecidos na hora… não importa, foi uma grande oportunidade de estreitar laços e conhecer gente nova!
Isso sem contar os rolezinhos que ocorreram pós BGS! hahaha

A Brasil Game Show desse ano nos deixou muitas lembranças incríveis, de todas foi a melhor até o momento. Que venha a próxima!

Para ver mais algumas fotos do evento, visite nosso Instagram! 😉

 

Posts Relacionados

Gostou? Então mostre para seus amigos! Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*