Death Fungeon (PC)

Informações Técnicas

Desenvolvedor: Ritual Games
Distribuidora: GrabTheGames
Lançamento: 17/ago/2018
Steam: https://store.steampowered.com/app/897630/Death_Fungeon/
Twitter: https://twitter.com/_RitualGames_

Tem conquistas? Não.
Tem cartas? Não.

Death Fungeon é um interessantíssimo jogo que mescla stealth com plataforma.
Seu objetivo é fugir de uma prisão, porém não basta apenas ter habilidade no controle! Grande parte das fases precisam ser bem analisadas pois escondem boas emboscadas.

Gameplay fluído, rápido e desafiador. O jogo conseguiu sintetizar perfeitamente o conceito “menos é mais” em todos os aspectos.

Considerações finais – Analisando o jogo como um todo

Gráficos: 10/10. Tanto a arte quanto as animações ficaram muito bem feitas. Apesar do estilo simples, é notável o capricho com os detalhes do cenário de cada fase.
UI e HUD: 10/10. O jogo não possui hud. A UI é bem fácil de entender e segue o mesmo estilo da arte.
Trilha Sonora e sons: 8/10. A parte sonora não é muito bem trabalhada, mas não deixa a desejar. Tá bem feita, combina com a proposta do game, só não tem nada de extraordinário mesmo.
Jogabilidade: 10/10. Jogabilidade extremamente simples, seus comandos são pular e se esconder. No começo demorei um pouquinho para me adaptar com a física do personagem pois ele é muito rápido e dá umas leves deslizadas.
O level design tá maravilhoso, a dificuldade vai aumentando progressivamente para acompanhar a curva de adaptação e aprendizagem do jogador. As fases não são repetitivas e muito menos similares umas as outras, cada fase (que na verdade é trecho de uma parte da dungeon) possui seu próprio desafio e estratégia.
Fator replay: 10/10. Com a mesma velocidade e facilidade que você pode morrer, você recomeça a fase. Excelente estratégia para recomeçar o jogo sem ter alguma crise de raiva.
Perfeito tanto para jogatinas casuais quanto hard core.

Gostou? Então mostre para seus amigos! Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*