MagiCat (PC)

Informações Técnicas

Desenvolvedor: Kucing Rembes
Distribuidora: Toge Productions, Another Indie
Lançamento: 22/ago/2017
Steam: https://store.steampowered.com/app/656970/MagiCat/

Tem conquistas? Sim.
Tem cartas? Não.

Outra plataformas: Nintendo Switch.

Jogo muito bonitinho, com gráficos super carismáticos e bem feitos.
A magia do jogo começa na introdução, parece que você tá jogando um Mega Drive! Cenas com pequenas animações, ao melhor estilo anos 90.
Os diálogos são ótimos, cheios de miados! hahaha

Com certeza esse jogo é um bom pedido para amantes de jogos de plataforma, principalmente da época de 8 e 16 bits.

Considerações finais – Analisando o jogo como um todo

Gráficos: 10/10. Pixel art super bem feito, com um estilo fofíssimo. Gostei muito das composições das fases, cada uma bem diferente da outra. As animações ficaram muito 10, na primeira fase já é possível notar o capricho com cada sprite, seja do gatinho ou dos inimigos.
O mapa de seleção de fases é bem feitinho também, com os estágios bem distribuídos pela tela.
UI e HUD: 10/10. A UI e HUD acompanham o estilo em pixel art. São fáceis de entender.
Trilha Sonora e sons: 10/10. Tanto a trilha sonora quanto os sons combinam perfeitamente com a estética do jogo. Você fica realmente bem imerso nesse universo fofo!
Jogabilidade: 8/10. Eu achei a jogabilidade fluída, a física boa. O jogo permite que você jogue tanto com o teclado quanto com o controle. Única parte ruim de jogar com o teclado é que os botões não são tão intuitivos, pode causar uma certa confusão com quem está acostumado a utilizar a tecla “Enter” para confirmar as ações.
No final de toda fase, tem um chefe. Alguns chefes são bem fáceis, outros mais difíceis. Outros bem irritantes! hahaha
O level design ficou equilibrado ao meu ver. As fases são fáceis de terminar, o desafio fica por conta do boss e dos coletáveis que ficam espalhados – esses sim trazem desafio – mas não é obrigatório pegar todos os itens para finalizar a fase.
Você tem a liberdade para escolher qual fase jogar e se quiser, pode voltar nela para um time attack ou para pegar os itens que ficaram faltando.
Fator replay: 10/10. Por te dar a liberdade de escolher as fases e retornar nelas, o jogo fica com um clima bem leve, podendo ser levado casualmente sem problemas.

Gostou? Então mostre para seus amigos! Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*