Puss! (PC)

Informações Técnicas

Desenvolvedor: teamCOIL
Distribuidora: teamCOIL
Lançamento: 2/ago/2018
Steam: https://store.steampowered.com/app/719750/PUSS/
Twitter: https://twitter.com/teamCOIL

Tem conquistas? Sim.
Tem cartas? Sim.

Se as coisas que você mais gosta no mundo são gatos e vaporwave, com certeza vai amar esse jogo.
PUSS! é um jogo de… ahnn… avoid ‘em up? Difícil definir um gênero para ele.
É um jogo no qual você controla um gato e deve guiá-lo para sair do labirinto. Para movê-lo, basta clicar com o mouse e arrastar.

É simples porém difícil. Muito difícil, na verdade.
Simples pois além de utilizar somente o mouse, você pode regular a sensibilidade dele dentro do jogo.
Difícil porque bastar encostar em qualquer obstáculo do jogo por mais de 1 segundo… e bzztt! Morte na certa.

Com uma estética totalmente vaporwave, PUSS! não irá apenas testar a sua habilidade com o mouse, mas também quanto tempo você consegue jogar sem ter um ataque epilético.

Considerações finais – Analisando o jogo como um todo

Gráficos: 10/10. A ambientação estilo vaporwave ficou incrível! Algumas fases não possuem animações, outras possuem várias. É bem randômico, o fator surpresa de cada fase é muito alto e as animações estão muito ligadas a jogabilidade de cada fase. Gostei muito dessa quebra de padrões estéticos e de level design.

UI e HUD: 10/10. A interface em geral é super simples e fácil de entender. Na tela do jogo, a hud informa a fase e o número de vidas que você possui.
Ao pressionar a tecla Esc, várias opções de configuração do jogo são exibidas, inclusive uma opção para reportar bugs.

Trilha Sonora e sons: 10/10. Ambientação estilo vaporwave perfeita!

Jogabilidade: 10/10. Você utiliza apenas o mouse para jogar. Quando eu joguei o jogo pela primeira vez, utilizei o touchpad do ultrabook e foi bem tranquilo para jogar.

As fases surgem de modo randômico, o que deixa a dificuldade do jogo mais elevada, pois nunca sabemos o que está por vir. Ao terminar a fase, você é recompensado com pontos, que ao serem somados podem lhe dar vidas.
Vidas são importantes para o progresso desse game, pois não há save state.

Apesar de ser um jogo totalmente casual, PUSS! nos prende não somente pelo desafio mas também pela curiosidade de como será a próxima fase. Quando estamos no papel do jogador, muitas vezes não prestamos atenção em alguns detalhes, como o level design. E na minha opinião, esse é o ponto máximo desse game. Cada fase uma loucura mais bizarra que a outra.

Fator replay: 9/10. Só não dou 10/10 pois a dificuldade do jogo é acentuada e por utilizar o mouse, chega um momento que você fica com o pulso cansado de ficar apoiado.
Ele é visualmente estressante devido ao contraste de cores, por mais que você curta o estilo, chega uma hora que você se sente cansado.

Posts Relacionados

Gostou? Então mostre para seus amigos! Compartilhe!
  • 11
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    11
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*