World of Illusion Starring Mickey Mouse and Donald Duck (Mega Drive)

Informações Técnicas

Desenvolvedor: Sega
Distribuidora: Sega
Lançamento: 17 dezembro 1992

No Japão, o jogo se chama I Love Mickey & Donald – Mysterious Magic Box.

Dá para afirmar sem receio nenhum que esse não é só um dos melhores jogos de plataforma do Mega Drive, como também é um dos mais bonitos!
Mickey e Donald estão ensaiando para uma apresentação de mágica, quando Donald se assusta com um dos truques e acaba caindo do cenário. Então eles percebem que há uma caixa, Donald a abre e acidentalmente cai lá dentro (que na verdade é uma espécie de buraco negro) e Mickey acaba pulando para salvá-lo.
Um mágico poderoso os alerta, dizendo que eles precisarão aprender novos truques para sair desse mundo mágico.

Você pode jogar tanto com o Donald quanto com o Mickey. É possível também jogar em modo cooperativo.
E a cereja do bolo é o level design, que não muda apenas conforme o personagem que você escolheu, mas também se você escolher jogar no multiplayer.
Entre uma fase e outra, a história continua sendo narrada, informando ao jogador o que está acontecendo.

Considerações finais – Analisando o jogo como um todo

Gráficos: 10/10. Os gráficos desse jogo são maravilhosos! Mesmo com aquela famosa limitação na paleta de cores, o jogo dá um show de como é possível fazer uma arte bonita. Os cenários são lindos, principalmente o background deles.
As animações também foram muito bem feitas, os personagens possuem uma movimentação fluída e quando estão inertes ao invés de ficarem estáticos, fazem alguma coisa (O Donald por exemplo, fica com cara de bravo, olhando para os lados).
UI e HUD: 10/10. O menu é super fácil de entender, assim como a hud. Sua vida é indicada por cartinhas, a cada dano você perde uma. O contador de vida fica ao lado, não tem mistério nenhum para entender o sistema de danos e vida do jogo.
Trilha Sonora e sons: 10/10. Logo na introdução já é possível notar todo o cuidado que foi tido na hora de compor a trilha sonora. As músicas do jogo são bem marcantes, tanto que desde que joguei esse jogo pela primeira vez (em meados de 1999), nunca mais esqueci. Elas combinam bem com a atmosfera mágica do jogo, te deixam completamente imerso no universo do game.
Tanto o Mickey quanto o Donald soltam um som ao receberem dano, e quando usam a capa para “matar” algum inimigo um som de movimento ao vento é tocado. Esses sons acabam sendo um pouquinho mais altos do que a música do jogo, justamente para ter um leve destaque.
Jogabilidade: 10/10. Controlar os personagens é muito simples. Você tem um botão para pular, usar a capa mágica (que transforma os inimigos em uma florzinha) e correr. Cada fase teve um level design super caprichado e que necessitam de certa destreza com cada uma das habilidades concedidas aos protagonistas.
Tem uma fase, por exemplo, que é de baixo da água. Para nadar, você deve pressionar o botão de pulo e guiar o personagem com o direcional do controle. Em outra fase, você está em um tapete voador e deve utilizar o botão de pulo para subir, descer e desviar dos inimigos.
Única parte triste da jogabilidade é que em alguns momentos, os sprites sofrem com flickering. Não é nada que prejudica a jogatina, mas analisando friamente é algo que não deveria existir em jogo nenhum, levando em consideração a qualidade técnica e visual.
O jogo de um modo geral é fácil, com exceção do último boss.
Fator replay: 10/10. A parte mais fascinante do jogo para mim é justamente o fator replay. Como citei anteriormente, cada personagem possui um conjunto de fases específicas e caso você jogue no multiplayer, estará em fases bem diferentes. Isso por si só já traz aquele incentivo para jogar tudo de novo… sem contar a desculpa para ouvir as músicas novamente hahah <3

Nota máxima em todos os quesitos! Selo Anika Approves!

Gostou? Então mostre para seus amigos! Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*