Yandere School (PC)

Informações Técnicas

Desenvolvedor: Tea & Cake Games
Distribuidora: Tea & Cake Games
Lançamento: 1/set/2017
Steam: https://store.steampowered.com/app/687750/Yandere_School/
Twitter: https://twitter.com/TeaAndCakeGames

Tem conquistas? Sim.
Tem cartas? Não.

Você é uma yandere (uma garota que alimenta um amor e ciúme doentio por um cara) e seu objetivo é passar o máximo de tempo possível com seu senpai. No entanto, algumas pessoas surgirão e você deverá matá-las, pois seu senpai tem que ter olhos e tempo apenas para você.
O jogo inteiro passa-se dentro da escola.

A ideia desse jogo é sensacional. Mas é só isso mesmo, infelizmente.
O que estraga o jogo é que a ideia não foi bem implementada, depois de um tempo jogando torna-se maçante e os defeitos começam a se tornar mais relevantes do que o próprio jogo.

Considerações finais – Analisando o jogo como um todo

Gráficos: 3/10. A modelagem dos personagens é de mediana pra ruim, assim como a animação. A arte é bem amadora, algumas cenas chegam ser feias mesmo. Porém, isso é totalmente tolerável.
UI e HUD: 8/10. São fáceis de entender, mas vi um botão no qual a string da label era maior que o próprio botão. É necessário ter esse tipo de cuidado ao fazer as localizações, para não deixar a estética do jogo feia.
Trilha Sonora e sons: 5/10. A qualidade do áudio dos personagens não é boa, parece que foi gravado usando um microfone qualquer. Isso sem contar que o sotaque deles na hora de falar algumas palavras japonesas, é horrível.
Jogabilidade: 5/10. Os objetivos são muito lineares, não oferecem desafio e estão separados por capítulos.
Você não tem muita interatividade com as coisas a sua volta, no máximo alguma fala super genérica com os personagens a sua volta. Existe algumas customizações para a sua personagem, e para desbloqueá-las você precisa conquistar pontos através de provas escolares.
O indicador de alvo e armas é bem confuso, ele sinaliza mais ou menos a direção que você deve seguir, mas é bem impreciso se você estiver em um andar acima do objeto, por exemplo.
A caixa de diálogo é praticamente da mesma cor da imagem de fundo, então há cenas que o texto fica difícil de ler. Isso poderia ser facilmente resolvido com uma cor na caixa de texto com 50% de transparência e um outline preto de 3 pixels no texto.
Outro ponto negativo: não há suporte para joystick.
Fator replay: 3/10. Apesar de ter gostado MUITO da ideia, não senti muita vontade de voltara jogar, pois o jogo tem mais pontos negativos do que positivos.

Gostou? Então mostre para seus amigos! Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*