Fate of Kai
Indie PC

Fate of Kai (PC)

Informações Técnicas

Desenvolvedor: TRYLIGHT GAME STUDIO
Distribuidora: TheGamePublisher.com
Lançamento: 19/Mar/2021
Steam: https://store.steampowered.com/app/1426480/Fate_of_Kai/

Tem conquistas? Sim.
Tem cartas? Não.

Outras plataformas: Android.

Explore uma história em quadrinhos onde você tem o poder de viajar no tempo, refazer suas ações e ajudar Kai a chegar no castelo.

  • Fate of Kai

Considerações finais – Analisando a obra como um todo

Gráficos
A arte é muito bonita e em diversos momentos, o cenário e alguns objetos parecem estar em 3D.
As animações ao pegar os post-its e mudar de página são bem suaves, ao mesmo tempo que dão um tom de capricho ao jogo.
Por não haver diálogos, as ilustrações por si só já são muito expressivas.

 

UI e HUD
O jogo não tem tutorial e isso me assustou um pouco pois achei que a jogabilidade seria meio complexa.
Mas não se deixe enganar, tudo o que você faz é mudar de páginas e colher e usar os post-its. A própria tentativa e erro irão lhe ensinar sobre isso e pelo menos para mim não foi uma experiência frustante. Entendi tudo bem rápido.

 

Trilha Sonora e sons
Eu achei as músicas bem gostinhas de ouvir, algumas me lembraram bastante Tsioque (talvez seja por essa vibe meio fantasia medieval).
Conforme o momento de cada página, as músicas vão mudando para dar clima as imagens.

 

Jogabilidade
O jogo perfeito para amantes de puzzles e quadrinhos! Esse jogo nada mais é que a fusão destas duas coisas!
Sem nenhum diálogo, todos os quadros são puramente interpretativos. Entre um balão e outro, haverá um post-it com uma ação. Você deve colhe-los e coloca-los nos balões corretos para que a história continue. Porém, você só pode carregar 3 post-its, então entre idas e vindas nas páginas, deverá escolher com prudência qual carregar.
Em outros momentos, poderá voltar no passado para alterar a sequência de ações que impactam na sua linha do tempo.

Tudo muito intuitivo no quesito jogabilidade, mas nem tanto nos puzzles. O jogo não é difícil, mas precisei de um detonado no puzzle [ads_blur_spoiler]do caminho da floresta[/ads_blur_spoiler] porque nada tava fazendo sentido na minha cabeça. E nem mesmo a solução fez (ok né, vida que segue).

O jogo salva o seu progresso automaticamente e conforme você vai liberando os capítulos, poderá selecioná-los para jogar novamente.

Ao começar um capítulo, um pequeno texto introdutório é exibido. Não vai fazer muito sentido, mas após finalizar o jogo, você compreende a metáfora sobre “o destino de Kai”.
É uma mensagem bonita e ao mesmo tempo melancólia. [ads_blur_spoiler]Talvez com excessão de uma pequeníssima parcela da população mundial, todos nós temos o mesmo destino de Kai[/ads_blur_spoiler].

 

Replay e retenção
Acho que as chances de você já conseguir todas as conquistas numa segunda run são bem altas.
Mas caso tenha faltado alguma, o fator replay e retenção acabam sendo maiores.

Não é o tipo de jogo que dá vontade de jogar sempre, até porque ele é curto. Mas com certeza será uma aventura que irei revisitar em algum momento do futuro.

Deixe um comentário