Swallow the Sea
Grátis Indie PC

Swallow the Sea (PC)

Informações Técnicas

Desenvolvedor: Maceo bob Mair, Nicolás Delgado
Distribuidora: ItsTheMaceo
Lançamento: 3/Set/2021
Steam: https://store.steampowered.com/app/1511860/Swallow_the_Sea/

Tem conquistas? Sim.
Tem cartas? Não.

Você é uma pequena célula num oceano de bizarrices e precisa sobreviver.
Sua missão é muito simples: comer as criaturas menores e fugir das maiores. No entanto, a vida não é tão simples e fácil quanto parece…

  • Swallow the Sea

Considerações finais – Analisando a obra como um todo

Gráficos
Não dá para negar que a arte é o ápice desse jogo.
Um pixel art muito bem feito, com composições muito criativas e animações bonitas.

Tudo nesse jogo é bizarro, estranhamente familiar e ao mesmo tempo completamente assustador.
Eu realmente gostei muito da estética desse jogo. O nome sugere que tudo acontece dentro de um mar, mas em vários momentos parece que estamos dentro de um corpo, algum organismo. É uma brincadeira com formas muito interessante.

 

UI e HUD
Ao iniciar o jogo, um breve tutorial é exibido, lhe ensinando sobre os controles. É bem intuitivo.

A vida do personagem é exibida na parte inferior central da tela e quando a sua estamina acaba, o personagem fica cinza.

 

Trilha Sonora e sons
É interessante porque a música de fundo me trouxe a sensação de realmente estar no mar. Mas se você observar bem, também combina com ambientações espaciais.

Os sons são bem simples, sempre similares a sons de água ou sucção. Combinaram bem com a proposta do jogo, principalmente com o nome (que em uma tradução literal, seria algo como “engolir o mar”).

 

Jogabilidade
A jogabilidade é simples, você deve comer as criaturas menores e fugir das maiores. Conforme você vai crescendo, vai ficando mais forte e uns bichos maiores vão aparecer.
No começo achei que eu deveria comer apenas as criaturas com cores parecidas com as minhas, mas em determinado momento entendi que era uma questão de tamanho e não de cores.

Além dos controles direcionais, é possível dar um dash. Isso será bem útil nas fugas e serve para quebrar algumas barreiras que aparecem.

 

Replay e retenção
O jogo é bem curto e tem um desfecho bizarríssimo.
E meio triste também.

Apesar de ser curto, algumas conquistas foram inseridas e isso pode aumentar o fator replay para quem curte fazer 100%.

Deixe um comentário