Mangá

Virgem Depois dos 30

Informações Técnicas

Título: Virgem Depois dos 30
Autor: Atsuhiko Nakamura
Artista: Bargain Sakuraichi
Volumes: 1
Lançamento: 8/Mai/2019
Editora: Pipoca e Nanquim

Atsuhiko entrevistou alguns homens e os seus relatos deram forma a esse documentário em forma de mangá que conta um pouco sobre a vida de virgens com mais de 30 anos de idade no Japão.
Todos os relatos são reais.

Considerações finais – Analisando a obra como um todo

Arte
A arte é bem detalhada mas achei excessivamente caricata.
As expressões são sempre bem carregadas e exageradas, e quase a todo momento os protagonistas estão peidando (?). Não sei se isso foi proposital, para dar um tom de descontração, mas eu particularmente achei exagerado (mesmo para um alívio cômico).

Roteiro e História
O roteiro é bom, ele é direto e dá somente os detalhes necessários sobre o assunto abordado.
Ao final de cada capítulo, há uma espécie de resumo da história abordada (em texto mesmo). Essa parte repete informações que já foram passadas pelos quadrinhos, tornando a narrativa meio prolixa.

Durante a leitura eu senti um misto de pena e raiva. Há pessoas que são cuzonas mesmo, você só consegue pensar que a vida de merda que vivem é culpa unicamente delas! Mas há também relatos que nos faz lamentar como alguém com um potencial tão bom se tornou tão inseguro e depressivo.
Por trás de cada história, há um rebuliço de mágoas, bullying, inseguranças e traumas.
Os relatos muitas vezes beiram o absurdo, é uma realidade muito diferente da do nosso país. No entanto, consegui ver determinadas atitudes/situações em algumas pessoas que conheci (o que prova como traumas desencadeiam gatilhos e comportamentos “padrões” no presente, independente do país onde a pessoa nasceu).

Esse documentário mostra um problema real e que atualmente é uma pedra no sapato da sociedade japonesa. É impossível você ler as histórias e não parar para refletir por alguns minutos.
Para quem gosta de psicologia e sociologia, esse mangá é um prato cheio.

Deixe um comentário